AMIL DENTAL

banner-amil-dental---ok

Amil Dental

O Plano Amil Dental oferece um programa de atendimento abrangente se dá prioridade á prevenção das doenças, á promoção e à manutenção de saúde, sem negligenciar contudo, a reabilitação da função ou da estética da dentição.

A rede credenciada Amil Dental, conta ainda com cerca de 4.000 especialistas em todo Brasil, das diversas áreas da odontologia, que poderão ser indicados pelo seu clínico geral de acordo com a sua conveniência.

Com o plano Amil Dental, você tem acesso a profissionais de odontologia altamente qualificados e treinados de acordo com um conceito inovador em Odontologia: Promoção de Saúde. As doenças dentárias são conseqüência de processos que precisam ser diagnosticados e controlados em sua causa. Esta diferença alinha seus produtos ao mais moderno conceito de odontologia adotado no mundo.

Quem pode aderir?
São considerados dependentes legais do titular do Plano o cônjugue ou companheira (o), filhos e/ou equipados solteiros menor e 25, filhos e/ou equiparados inválidos de qualquer idade, além de outros dependentes econômicos, assim considerados pelas normas do imposto de Renda ou Previdencia Social.

Algumas Empresas que tem hoje o Plano Amil Dental

1 – Bankboston
2 – Basf
3 – Editora Saraiva
4 – Fundação Rubem Berta
5 – Gol Transportes Aéreos
6 – FGV – Fundação Getúlio Vargas

Vantagens Amil Dental – Diferenciais


Telemarketing 24 horas – presta informações e esclarecimentos sobre rede credenciada, utilização de benefícios e orientação em caso de emergência.

Clínicas de emergência 24 horas – inclusive sábados, domingos e feriados.

Atendimento nacional – independente da origem do contrato, o cliente AMILDENTAL será atendido em qualquer local onde haja rede credenciada.

Em caso de urgência, em locais onde não haja rede credenciada, o cliente será ressarcido através da tabela de honorários.

Ortodontia – em qualquer um dos planos oferecidos, o beneficiário terá direito á confecção do aparelho ortodôntico, pagando apenas a manutenção mensal e a  documentação ortodôntica.

 

Valores
Para saber preço dos planos individuais, familiares e empresariais, por favor, entre em contato pelo fone
(41) 3023-7000 ou pelo formulário de contato do site.

Os preços serão calculados de acordo com o perfil da empresa (número de vidas);
quanto mais usuários, maior será o desconto.

 

Aparelho Ortodôntico Sem Custo.
Manutenção Mensal (Pagamento direto a clínico credenciada)

Documentação Ortodôntico (Pagamento direto a clínica credenciada)

Vantagens e Beneficios:

– Sem limite de utilização;
– Atendimento rápido, foco na prevenção;
– Ampla rede credenciada com mais de 4000 credenciados no território nacional;
– Central de atendimento realizada por dentistas;
– Condições especiais para procedimentos não cobertos.
– Sem limites de idade para ingresso no plano;
– Consultas com hora marcada;
– Rede credenciada qualificada – Os profissionais e os consultórios passaram por criteriosa avaliação como, formação academica e experiência minima de 5 anos, titulo de epecialização, modernidade, infra-estrutura, localização dos consultórios, entre outras.

Prazos de Carências do Plano Pessoa Física: Individual e Familiar: 


PLANO DENTAL – COBERTURA PADRÃO ANS
Este plano compreende as coberturas do Rol de Procedimentos Odontológicos vigente e suas atualizações.

– curativo em caso de hemorragia bucal;
– curativo em caso de odontalgia aguda /pulpectomia/necrose;
– imobilização dentária temporária;
– recimentação de peça protética;
– tratamento de alveolite;
– colagem de fragmentos;
– incisão e drenagem de abscesso extra oral;
– incisão e drenagem de abscesso intra-oral; e
– reimplante de dente avulsionado .

– radiografia periapical;
– radiografia bite-wing; e
– Radiografia oclusal.

– orientação de higiene bucal;
– evidenciação de placa bacteriana;
– aplicação tópica profissional de flúor;
– aplicação de selante; e
– profilaxia – polimento coronário.

– restauração de 1 (uma) face;
– restauração de 2 (duas) faces;
– restauração de 3 (três) faces;
– restauração de 4 (quatro) faces;
– restauração de ângulo;
– restauração a pino; e
– restauração de superfície radicular.

– raspagem supra-gengival, alisamento e polimento coronário;
– raspagem, supra e sub-gengival alisamento e polimento radicular;
– curetagem de bolsa periodontal; e
– Imobilização dentária temporária.

– pulpotomia;
– remoção de obturação radicular;
– remoção de núcleo intrarradicular;
– tratamento endodôntico em dentes permanentes com 01 (um) conduto;
– tratamento endodôntico em dentes permanentes com 02 (dois) condutos;
– tratamento endodôntico em dentes permanentes com 03 (três) condutos;
– tratamento endodôntico em dentes permanentes com 04 (quatro) condutos ou mais;
– tratamento endodôntico em dentes decíduos; e
– retratamento de dentes incisivos, caninos, pré-molares e molares.

– alveoloplastia;
– apicectomia unirradicular;
– apicectomia birradicular;
– apicectomia trirradicular;
– apicectomia unirradicular com obturação retrógrada;
– apicectomia birradicular com obturação retrógrada;
– apicectomia trirradicular com obturação retrógrada;
– aumento de coroa clínica;
– biopsia;
– cirurgia de torus mandibular bilateral;
– cirurgia de torus palatino;
– cirurgia de torus unilateral;
– correção de bridas musculares;
– excisão de mucocele;
– excisão de rânula;
– exodontia a retalho;
– exodontia de raiz residual;
– exodontia simples;
– exodontia múltipla;
– gengivectomia;
– redução cruenta (fratura alvéolo-dentária);
– redução incruenta (fratura alvéolo-dentária);
– frenectomia labial;
– frenectomia lingual;
– remoção de dentes retidos (inclusos ou impactados);
– sulcoplastia;
– ulectomia; e
– ulotomia.

PROCEDIMENTOS E COBERTURAS

Alveoloplastia Consiste em corrigir cirurgicamente os alvéolos dentários após a realização de extrações múltiplas.
Apicectomia birradicular Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida da ressecção do ápice radicular em duas raízes.
Apicectomia birradicular c/ obt. retrógrada Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida de ressecção do ápice radicular e ainda da obturação do forame apical em duas raízes.
Apicectomia trirradicular Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida da ressecção do ápice radicular em três raízes.
Apicectomia trirradicular c/ obt. retrógrada Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida de ressecção do ápice radicular e ainda da obturação do forame apical em três raízes.
Apicectomia unirradicular Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida da ressecção do ápice radicular em uma raiz.
Apicectomia unirradicular c/ obt. retrógrada Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida de ressecção do ápice radicular e ainda da obturação do forame apical em uma raiz.
Biópsia Consiste em remover cirurgicamente um fragmento de tecido, mole e/ou duro alterado, para fins de exame anatomopatológico.
Cirurgia de tórus bilateral Consiste em remover cirurgicamente algumas formas de exostoses ósseas bilaterais, na região de mandíbula e/ou maxila.
Cirurgia de tórus unilateral Consiste em remover cirurgicamente algumas formas de exostoses ósseas unilaterais, na região de mandíbula e/ou maxila.
Correção de bridas musculares Consiste em realizar incisão cirúrgica para correção do posicionamento da musculatura existente entre a mucosa da bochecha e a borda da gengiva.
Curetagem Periapical Bi-radicular Curetagem Periapical Bi-radicular
Excisão de mucocele Consiste em remover cirurgicamente lesão dos tecidos moles (principalmente lábios), causada por retenção de saliva devido à obstrução de glândulas salivares.
Excisão de rânula Consiste em remover cirurgicamente um tipo de cisto de retenção que ocorre especificamente no assoalho da boca, associado aos ductos da glândula submandibular ou sublingual.
Exodontia a retalho Consiste em realizar extração dentária de dentes normalmente implantados que exijam a abertura cirúrgica da gengiva.
Exodontia de dente decíduo Consiste em realizar extração dentária de dentes decíduos.
Exodontia de raiz residual Consiste em realizar extração dentária da porção radicular de dentes que já não possuem a coroa clínica.
Exodontia simples Consiste em realizar extração dentária de dentes normalmente implantados.
Frenectomia labial Consiste em realizar ressecção cirúrgica da hipertrofia do tecido fibro-mucoso presente na base do lábio, denominado hipertrofia de freio labial.
Frenectomia lingual Consiste em realizar ressecção cirúrgica da hipertrofia do tecido fibro-mucoso presente na base da língua, denominado hipertrofia de freio lingual.
Hemissecção c/ ou s/ amputação radicular Consiste em realizar a separação da estrutura dentária, mediante corte, tendo por finalidade: 1- a manutenção da parte sadia e a remoção da parte comprometida; 2- o tratamento da área periodontal afetada com a manutenção das estruturas dentárias seccionadas; pode ainda ser usada para facilitar a extração do elemento dentário.
Redução cruenta (fratura alvéolo dentária) Consiste em reduzir o alvéolo por meio de técnica cirúrgica com exposição dos fragmentos ósseos fraturados, com contenção por meio rígido (cirurgia aberta).
Redução incruenta (fratura alvéolo dentária) Consiste em reduzir o alvéolo por meio de manobra bidigital, sem exposição dos fragmentos ósseos fraturados (cirurgia fechada).
Remoção de dentes retidos (inclusos ou impactados) Consiste em remover dentes cuja parte coronária está coberta por mucosa ou quando a totalidade do dente encontra-se no interior da porção óssea.
Sulcoplastia Consiste em realizar uma incisão cirúrgica para refazer o sulco existente entre a mucosa interna do lábio e a gengiva com a finalidade de aumentar a área chapeável para próteses.
Ulectomia Consiste em remover cirurgicamente a porção superior de um processo hipertrófico muco-gengival que normalmente envolve dentes não erupcionados.
Ulotomia Consiste em realizar incisão do capuz mucoso para que o dente permanente possa erupcionar.
   
Adequação do meio bucal Consiste na remoção de tecido cariado e colocação de material obturador provisório; e/ou remoção/diminuição de excessos/arestas ou rugosidades em restaurações /próteses fixas, visando eliminação de sítios de retenção de biofilme.
Ajuste oclusal Consiste em realizar pequenos desgastes seletivos visando a obtenção de harmonia oclusal.
Aplicação de cariostático Consiste na aplicação de medicamento que visa estacionar o processo de cárie bem como a eliminação de sítios de retenção de biofilme.
Núcleo de preenchimento Consiste na reconstrução de dentes seriamente comprometidos pelo processo carioso, antes da confecção de uma restauração definitiva, não envolvendo câmara radicular.
Restauração a pino Consiste em fixar pinos, metálicos ou não, à coroa remanescente para que se possa confeccionar uma restauração com maior resistência e retenção.
Restauração de 1 (uma) face Consiste em utilizar manobras, para recuperar as funções de um dente que tenha sido afetado por cárie, traumatismo ou afecção estrutural, em uma face.
Restauração de 2 (duas) faces Consiste em utilizar manobras, para recuperar as funções de um dente que tenha sido afetado por cárie, traumatismo ou afecção estrutural, em duas faces.
Restauração de 3 (três) faces Consiste em utilizar manobras, para recuperar as funções de um dente que tenha sido afetado por cárie, traumatismo ou afecção estrutural, em três faces.
Restauração de 4 (quatro) faces ou Consiste em utilizar manobras, para recuperar as funções de um dente que tenha sido afetado por cárie, traumatismo ou afecção estrutural, em quatro faces.
Restauração de ângulo Consiste em utilizar manobras, para recuperar as funções de um dente que tenha sido afetado por cárie, traumatismo ou afecção estrutural, em ângulo.
Restauração de superfície radicular Consiste em utilizar manobras, para recuperar as funções de um dente que tenha sido afetado por cárie, traumatismo ou afecção estrutural, na raiz.

.

Consulta inicial Consiste em anamnese, preenchimento de ficha clínica odontolegal, diagnóstico das doenças e anomalias bucais do paciente, plano de tratamento e prognóstico;
Exame histopatológico Consiste em exame feito de tecido obtido por biópsia incisional ou excisional. O objetivo do exame é a definição de uma patologia: neoplásica, inflamatória, infecciosa etc.
Capeamento pulpar direto – excluindo restauração final Consiste em utilizar manobras para recuperar um dente que tenha sido afetado por cárie ou fratura profunda no caso de exposição pulpar, através da utilização de produtos específicos para proteger a polpa dentária e na tentativa de se evitar o tratamento endodôntico.
Pulpotomia Consiste em remover a polpa coronária de dentes decíduos e/ou permanentes.
Remoção de núcleo intrarradicular/corpo estranho Consiste em retirar o núcleo e/ou corpo estranho da cavidade intrarradicular, com finalidade endodôntica ou protética.
Retratamento endodôntico de dentes incisivos, caninos, pré-molares e molares Consiste na remoção do material obturador do conduto radicular, preparo químico e mecânico quando indicado e seu preenchimento com material apropriado em dentes incisivos, caninos, pré-molares e molares.
Tratamento de perfuração radicular Consiste no tratamento medicamentoso para selamento de perfuração radicular, por via endodôntica.
Tratamento endodôntico em dente com rizogênese incompleta Consiste no tratamento endodôntico específico com objetivo de fechamento do forame apical por um tecido duro mineralizado (apicificação e apicegênese).
Tratamento endodôntico em dentes decíduos Consiste em remover a polpa coronária e radicular e preencher a câmara e condutos com material obturador.
Tratamento endodôntico em dentes permanentes com 01 (um) conduto Consiste em realizar manobra em dentes com um conduto radicular, realizando a abertura da câmara pulpar, remoção da polpa, preparo químico mecânico e preenchimento do conduto com material obturador.
Tratamento endodôntico em dentes permanentes com 02 (dois) condutos Consiste em realizar manobra em dentes com dois condutos radiculares independente do número de raízes, realizando a abertura da câmara pulpar, remoção da polpa, preparo químico mecânico e preenchimento dos condutos com material obturador.
Tratamento endodôntico em dentes permanentes com 03 (três) condutos Consiste em realizar manobra em dentes com três condutos radiculares independente do número de raízes, realizando a abertura da câmara pulpar, remoção da polpa, preparo químico mecânico e preenchimento dos condutos com material obturador.
Tratamento endodôntico em dentes permanentes com 04 (quatro) condutos ou mais Consiste em realizar manobra em dentes com quatro ou mais condutos radiculares independente do número de raízes, realizando a abertura da câmara pulpar, remoção da polpa, preparo químico mecânico e preenchimento dos condutos com material obturador.

.

Aumento de coroa clínica Intervenção cirúrgica para recuperação do espaço biológico (aproximadamente 3 mm a partir da crista óssea alveolar até a borda do dente) necessário do dente, para posterior tratamento.
Balanceio oclusal – por elemento
Cirurgia periodontal a retalho Procedimento cirúrgico que consiste na redução de bolsas periodontais infra-ósseas (acima de 4 mm) através de retalho mucoperiosteal e, subseqüente debridamento da superfície radicular e correção de irregularidades das cristas ósseas.
Cunha distal Tratamento cirúrgico de bolsas periodontais com defeito ósseo-angular na superfície distal de molares que dispõe de gengiva inserida reduzida.
Gengivectomia/gengivoplastia Procedimento cirúrgico que consiste na redução de bolsas periodontais supra-ósseas (até 4 mm) ou para refazer contornos gengivais anormais tais como crateras e hiperplasias gengivais.
Imobilização dentária temporária ou permanente Consiste na imobilização de elementos dentais que apresentam alto grau de mobilidade, provocado por doença periodontal.
Raspagem sub-gengival e alisamento radicular/curetagem de bolsa periodontal Consiste na remoção de induto e/ou cálculo sub-gengival, seguida de alisamento radicular (presença de bolsa periodontal acima de 4 mm de profundidade).
Raspagem supra-gengival e polimento coronário Consiste na remoção de induto e/ou cálculo supra-gengival seguido de alisamento e polimento coronário (ausência de bolsa periodontal – sulco gengival até 4 mm de profundidade).
Retalho gengival com enxerto ósseo – exclusivamente ato cirúrgico (24 meses)
Sepultamento radicular Procedimento cirúrgico que consiste em retalho mucoperiosteal e nivelamento da raiz residual (com tratamento endodôntico e sem lesão periapical) à crista óssea e subseqüente reposicionamento do retalho.

PREVENÇÃO EM SAÚDE BUCAL

Aplicação de selante Consiste na aplicação de produtos ionoméricos, resinas fluidas, foto ou quimicamente polimerizadas nas fóssulas e sulcos de dentes posteriores decíduos e/ou permanentes e na face palatina de incisivos superiores permanentes.
Atividade Educativa Consiste em informar e motivar o beneficiário quanto à necessidade de manter a higiene bucal, devendo ser fornecida orientação quanto: a) aos métodos de higienização e seus produtos, tais como escovas dentais, fios dentais, cremes dentais e anti-sépticos orais, tanto no que diz respeito à qualidade quanto ao uso; b) à cárie dental; c) à doença periodontal; d) ao câncer bucal ; e e) à manutenção de próteses.
Evidenciação de placa bacteriana Consiste no uso de substâncias evidenciadoras, para identificação da presença de biofilme nas superfícies dentárias.
Fluorterapia Consiste na aplicação direta de produtos fluorados sobre a superfície dental, sendo realizada, somente, após profilaxia.
Profilaxia – polimento coronário Consiste no polimento através de meios mecânicos da superfície coronária do dente.

RADIOLOGIA

Aplicação de selante Consiste na aplicação de produtos ionoméricos, resinas fluidas, foto ou quimicamente polimerizadas nas fóssulas e sulcos de dentes posteriores decíduos e/ou permanentes e na face palatina de incisivos superiores permanentes.
Atividade Educativa Consiste em informar e motivar o beneficiário quanto à necessidade de manter a higiene bucal, devendo ser fornecida orientação quanto: a) aos métodos de higienização e seus produtos, tais como escovas dentais, fios dentais, cremes dentais e anti-sépticos orais, tanto no que diz respeito à qualidade quanto ao uso; b) à cárie dental; c) à doença periodontal; d) ao câncer bucal ; e e) à manutenção de próteses.
Evidenciação de placa bacteriana Consiste no uso de substâncias evidenciadoras, para identificação da presença de biofilme nas superfícies dentárias.
Fluorterapia Consiste na aplicação direta de produtos fluorados sobre a superfície dental, sendo realizada, somente, após profilaxia.
Profilaxia – polimento coronário Consiste no polimento através de meios mecânicos da superfície coronária do dente.

URGÊNCIA/EMERGÊNCIA

Colagem de fragmentos Consiste na recolocação de partes de dente que sofreu fratura, através da utilização de material dentário adesivo.
Curativo e/ou sutura em caso de hemorragia bucal/labial Consiste na aplicação de hemostático e/ou sutura na cavidade bucal.
Curativo em caso de odontalgia aguda/pulpectomia/necrose Consiste na abertura de câmara pulpar e remoção da polpa, obturação endodôntica ou núcleo existente.
Imobilização dentária temporária Procedimento que visa a imobilização de elementos dentais que apresentam alto grau de mobilidade, provocado por trauma.
Incisão e drenagem de abscesso extra oral Consiste em incisão na face e posterior drenagem do abscesso.
Incisão e drenagem de abscesso intraoral Consiste em incisão dentro da cavidade oral e posterior drenagem do abscesso.
Recimentação de trabalho protético Consiste na recolocação de trabalho protético.
Reimplante de dente avulsionado Consiste na recolocação do dente no alvéolo dentário e conseqüente imobilização.
Tratamento de alveolite Consiste na limpeza do alvéolo dentário.

Procedimentos incluídos pela ANS – a partir de 07 de junho de 2010.

SEGMENTAÇÃO ODONTOLÓGICA
Procedimento Descrição
1. Condicionamento em odontologia Consultas de adaptação (até três sessões/ano) para os beneficiários com comportamento não cooperativo ou de difícil manejo.
2. Coroa unitária provisória com ou sem pino / provisório para prepário de RMF (restauração metálica fundida) Procedimento de caráter provisório em dentes permanentes não passíveis de reconstrução por meio direto antes da restauração definitiva.
3. Exérese de pequenos cistos de mandíbula / maxila Remoção de pequenos cistos da mandíbula e / ou maxila quando a localização e características da lesão permitirem a realização do procedimento em ambiente ambulatorial.
4. Panorâmica de mandíbula/maxila (ortopantomografia) Exame radiográfico tipo panorâmico como auxílio diagnóstico pré e/ou pós procedimento cirúrgico.
5. Punção aspirativa com agulha fina / coleta de raspado em lesões ou sítios específicos da região buço-maxilo-facial Obtenção de células de órgãos e tecidos de lesões ou sítios específicos da região buco maxilo facial , com o uso de uma agulha de pequeno calibre ou a partir da coleta de raspado.
6. Reabilitação com coroa de acetato, aço ou policarbonato Restauração com coroa feita do material acetato, aço ou policarbonato em dentes decíduos não passíveis de reconstrução por meio direto e/ou dentes permanentes em pacientes não cooperativos / de difícil manejo.
7. Reabilitação com coroa total de cerômero unitária – inclui peça protética Restauração unitária com coroa total feita do material cerômero em dentes permanentes anteriores (incisivos e caninos) não passíveis de reconstrução por meio direto.
8. Reabilitação com coroa total metálica unitária – inclui peça protética Restauração unitária com coroa total feita de material metálico em dentes permanentes posteriores (pré-molares e molares) não passíveis de reconstrução por meio direto.
9. Reabilitação com núcleo metálico fundido / núcleo pré – fabricado – inclui a peça protética Restauração com pino feito de material metálico (núcleo metálico fundido) / pino pré-fabricado (núcleo pré-fabricado) em dentes permanentes com tratamento endodôntico prévio.
10. Reabilitação com restauração metálica fundida (RMF) unitária – inclui peça protética Cobertura para bloco (restauração) de metal em dentes posteriores permanentes com comprometimento de 3 ou mais faces, não passíveis de reconstrução por meio direto ou dentes com comprometimento de cúspide funcional, independente do número de faces afetadas.
11. Redução de luxação da ATM Caracteriza-se por luxação da ATM (articulação temporo-mandibular) quando na abertura máxima da boca ocorre o deslocamento do processo condilar para fora da cavidade mandibular e o paciente não é capaz de realizar a reposição da mandíbula ( fechar a boca) sem ajuda.
A cobertura da redução da luxação consiste no reposicionamento do processo condilar para dentro da cavidade mandibular, quando sua realização for passível em ambiente ambulatorial.
12. Teste de fluxo salivar É um teste em que se observa a saliva com relação o volume secretado sob estímulo mecânico (que é o fluxo salivar).
13. Tratamento cirúrgico de fístulas buco-nasais ou buco-sinusais Tratamento cirúrgico da comunicação entre a cavidade bucal e cavidade nasal (fístula buco-nasal) e da comunicação entre a cavidade bucal e o seio maxilar (fístula bucosinusal), quando a localização e características da lesão permitirem a realização do procedimento em ambiente ambulatorial.
14. Tratamento cirúrgico de tumores benignos e hiperplasia de tecidos ósseos/ cartilaginosos na mandíbula/maxila Tratamento cirúrgico do crescimento anormal de células benignas (tumor) e do aumento do número de células (hiperplasia) do tecido ósseo ou cartilaginoso, da mandíbula ou maxila quando a localização e características da lesão permitirem a realização do procedimento em ambiente ambulatorial.
15. Tratamento cirúrgico de tumores benignos e hiperplasia de tecidos moles na mandíbula/maxila Tratamento cirúrgico do crescimento anormal de células benignas (tumor) e do aumento do número de células (hiperplasia) de tecidos moles da mandíbula ou maxila, quando a localização e características da lesão permitirem a realização do procedimento em ambiente ambulatorial
16. Tratamento cirúrgico de tumores benignos odontogênicos sem reconstrução Tratamento cirúrgico, sem reconstrução, do crescimento anormal de células benignas originadas dos tecidos e formadores do dente, quando a localização e características da lesão permitirem a realização do procedimento em ambiente ambulatorial

Solicite uma Cotação